Conheça os principais canais de cobrança de dívidas

Conheça os principais canais de cobrança de dívidas

O trabalho de recuperação de crédito ficou mais fácil graças à tecnologia. Hoje, existem diferentes canais de cobrança de dívidas que podem ser automatizados, tornando o processo mais seguro e eficiente. A seguir, conheça as vantagens de cada um deles.

Como funcionam os canais de cobrança de dívidas

O principal desafio é localizar o devedor. Essa abordagem deve ocorrer com discrição, de maneira a evitar constrangimentos e, assim, facilitar as chances de negociação dos débitos. Para tanto, cada canal deve ser aproveitado durante uma etapa diferente do ciclo de cobrança. Acompanhe:

SMS

A mensagem de texto chega diretamente ao celular do destinatário, sem intermediários. Ou seja, as chances de o recado atingir o alvo são altas.

Trata-se de uma estratégia interessante para o estágio de pré-cobrança, quando o atraso do pagamento ainda é recente. Você pode elaborar um aviso padrão dizendo que há contas pendentes. Isso já serve de lembrete para os devedores distraídos – aqueles que simplesmente se esquecem de quitar as prestações.

Além do baixo custo, o envio de SMS ou de mensagem de WhatsApp envolve pouco esforço. A tarefa pode ser automatizada.

E-mail

Também é possível programar o disparo automático de e-mails aos clientes em situação de inadimplência. Esse canal de cobrança demanda pouco investimento, tanto financeiro quanto de pessoal.

O problema é que a mensagem pode cair na caixa de spam. Nesse caso, há o risco de ela não ser lida.

Ainda, deve-se tomar cuidado para direcionar o texto à conta pessoal do responsável pela dívida. Alguns e-mails corporativos, como “financeiro@nomedaempresa.com”, são encaminhados a vários membros da equipe, podendo gerar indisposições que não condizem com a cobrança amigável. Zele pela discrição.

Ligação preditiva

O aviso de vencimento pode ser realizado, ainda, por meio de voz eletrônica. Isso agiliza o processo. Enquanto um operador de carne e osso realiza uma chamada de cada vez, o sistema digital pode enviar o mesmo recado a vários aparelhos, simultaneamente. Resultado: recupera-se mais crédito em menos tempo.

Telefonema

Quando o débito ultrapassa o prazo de tolerância e as primeiras abordagens não surtem efeito, parte-se para a cobrança extrajudicial. É o momento de ligar pessoalmente para o cliente e entender os motivos que levaram à dívida.

Como sempre, as tratativas seguem regras de bom senso. Não se busca acusar ou ameaçar o devedor. A intenção, isto sim, é encontrar meios para fazê-lo pagar em dia. As negociações, sempre em tom cordial, incluem reparcelamentos, descontos e outros métodos de flexibilização para a obtenção dos valores.

Correspondência

A carta também funciona como um dos canais de cobrança extrajudicial. Esse recurso gera despensas com postagem e não apresenta resultados tão imediatos, uma vez que os correios levam alguns dias para entregar a correspondência. Ainda assim, pode ser útil nas situações em que o devedor não se encontra no ambiente on-line.

Se todos esses métodos falharem, talvez seja o momento de partir para uma cobrança judicial. Nós temos um artigo explicando os diferentes tipos de ações possíveis. Acesse o link e confira!

Esperamos que o conteúdo de hoje tenha sido útil para você. Obrigado pela leitura e até a próxima.

© 2021 GSX – Recuperação de Crédito